Onde existe uma foto que mostra uma câmara de gás nazista? Nos anos 1944/45, a fotografia já existia há 100 anos e as câmeras foram utilizadas largamente pelos soldados aliados, e muito mais pelos seus órgãos de propaganda e imprensa. E ninguém julgou necessário tirar algumas fotos das câmaras de gás? Caso existisse uma única foto de uma câmara de gás nazista, esta já estaria estampada em todos os livros escolares. Mas não é isso que ocorre.

Onde está a ordem para o gaseamento dos detentos dos campos de concentração alemães? Em uma guerra, e em tal guerra se encontrou o Reich alemão durante 1939 e 1945, nada acontecia sem que os executores tivessem a segurança jurídica “de cima”. Caso existisse essa ordem, ela teria sido descoberta há muito tempo, e estaria estampada em todos os livros escolares. Mas não é isso que ocorre.

Onde se encontra uma confirmação, que “sob a ordem de …. tantos detentos deveriam ser executados”?Em uma estrutura de comando, para cada ordem existe também uma notificação sobre sua execução. Caso a ordem tenha sido feita por escrito, a confirmação também é por escrito. Caso contrário nenhuma estrutura de comando – principalmente em uma guerra – iria funcionar. Caso existisse tal confirmação por escrito, ela teria sido encontrada há muito tempo, e estaria estampada em todos os livros escolares. Mas não é isso que ocorre.

Onde estão as plantas que mostram claramente as câmaras de gás para execução humana e seu modus operandi, que descrevem e mostram todos os respectivos acessórios? Nunca houve uso de câmaras de gás na Alemanha, portanto, eram desconhecidas, e para tais câmaras de gás nestas proporções (cerca de 6.000 pessoas por dia), haveria necessidade de uma longa preparação, desenhos complexos, instruções de montagem e ensaios prévios. Com isso um grande número de pessoas estariam envolvidas no processo, mas naturalmente ninguém se manifestou depois da guerra, simplesmente por que elas nunca existiram. Caso houvesse tais plantas de construção, então elas teriam sido descobertas há muito tempo, e pelo menos uma delas estaria estampada nos livros escolares. Mas não é isso que ocorre..

Onde se encontram os resultados de uma investigação forense oficial, resultando em um laudo pericial técnico sobre as alegadas câmaras de gás e com participação de criminologistas internacionais? Qualquer assassinato envolvendo um jardineiro, ou um motorista de táxi, é investigado minuciosamente com as mais modernas técnicas criminalísticas existentes. Mas isso não se aplica ao suposto “maior genocídio” da história mundial! Caso existissem tais resultados, eles estariam disponíveis na forma de livro e qualquer pessoa poderia lê-lo afim de obter uma ideia do processo. Mas a justiça teme realizar tais investigações assim como o diabo diante da cruz. Por isso elas nunca foram realizadas.

Onde estão as notícias de jornais que reportam sobre as “sensacionais descobertas das câmaras de gás nos campos de concentração alemães” no período entre o outono de 1944 e o início de 1945? Nenhum propagandista oficial dos vitoriosos aliados teria omitido tal notícia, mas sim encaminhado imediatamente para a mídia mundial. Caso isso tivesse sido feito, a guerra teria acabado seis meses antes, pois a Wehrmacht alemã teria suspendido os combates. Milhões de civis e soldados teriam sobrevividos. Caso existisse tais manchetes nos principais jornais mundiais, então pelo menos uma delas estaria estampada nos livros escolares. Mas não é isso que ocorre..

Por que os centenas de milhares de detentos libertados pelos aliados entre o outono de 1944 e o início de 1945, não mostraram a eles nenhuma câmara de gás? Caso eles tivessem feito isso, haveria então vídeos originais das câmaras ou os corpos dos detentos que tinham acabado de ser gaseados; tais imagens teriam percorrido o mundo em minutos. Apenas quinze anos depois, isso ocorreu a algumas testemunhas eleitas… Caso estas fotos originais existissem, elas estariam impressas em todo livro de história. Mas não é isso que ocorre..

Fonte: Altermedia

Tradução: Marcelo Franchi